Toda vida ou nossa vida?

Há dois tipos de pessoas: As que se importam, para além dos nomes, com outros seres e as que se restringem a lutar apenas pelos seres que convém, estas últimas usam a classificação nominal para dar importância a vida, já as primeiras usam o topo da classificação hierárquica biológica e assim dão uma elevada importância a palavra vida e assim então lutam pelo bem comum e não apenas pelo bem que interessa.

Talvez pareça absurdo para a grande maioria acreditar na defesa de interesses gerais, pois nós como parte do reino animal somos movidos a afetos, mas diante disto é possível perceber que o mundo só se mostra realmente humano (no sentido de que podemos pensar e escolher com conhecimento de causa e consequência) quando enxergamos de uma maneira “maior”, a maneira que respeita a vida de todos, que exige condições para viver. Grandes são – e sempre serão – os humanos que pensam e agem desta forma, estes realmente conhecem o significado da palavra vida.

Anúncios

Concorda, discorda, quer debater? Diga sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s