Nossas diferenças

Recebemos uma vida sem conteúdo e a partir daí crescemos aprendendo crenças e comportamentos. Então uma hora aprendemos a julgar, fundimos nossas experiências do passado com a ideia de que temos uma capacidade qualitativa no julgamento e passamos a tentar dar significados ao que os outros fazem a partir de nós e da sociedade que gostaríamos de ver, claro, do nosso ponto de vista que foi formado por outros diversos pontos de vista, criticamos e nos colocamos como superiores ou inferiores aos outros, e isso dá o um sentido para viver, um direcionamento. O difícil em tudo isso é o mais óbvio: Somos apenas construções do meio em que, por acaso, nascemos e crescemos. Somos diferentes porque achamos sobre as coisas baseados em achismos diferentes, interpretações construídas pelos intelectos.

Anúncios

Concorda, discorda, quer debater? Diga sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s