Pensamentos binários dos últimos meses

Tenho visto repetidamente nas redes sociais ideias generalistas que correlacionam ideias classificando pessoas em grupos que não necessariamente pertencem, este é o famoso pensamento binário. Dele partem ideias absurdas, preconceitos um tanto quanto burros, que claro, devemos tentar escapar:

“Votou na Dilma é ignorante.”
Grandes intelectuais de diversas áreas, inclusive cientistas políticos, muito mais experientes que quem usa essa ideia também votou na Dilma.

“Votou no Aécio é preconceituoso.”
Há quem votou em Aécio por insatisfação do governo feito pela Dilma, acreditando simplesmente que seu projeto para o país era melhor, fim de papo.

“É contra a meritocracia então é preguiçoso ou fracassado.”
Não é por que não precisa do estado que tem que se achar que todo mundo que precisa é folgado. É um absurdo acreditar que todo mundo pode se dar bem diante de um sistema em que, probabilisticamente, mesmo com muito esforço, nem todo mundo pode ser bem sucedido. Não idolatre a ideia de que por que alguém que você conhece se deu bem, saiu da miséria e hoje é bem-sucedido, que todo mundo pode.

“É a favor do casamento gay é contra a família.”
O casamento gay não destrói famílias, quem gosta de família tradicional a poderá ter, um homossexual não quer impedir que pessoas tenham suas famílias.

“É de esquerda defende o totalitarismo.”
Esquerdistas não extremistas acham essa ideia um absurdo, pois se baseiam em uma sociedade com menos poder e mais justiça e não com mais poderosos e mais opressão.

“É de esquerda idolatra genocidas.”
Os ideais esquerdistas não se baseiam em morte aos capitalistas, não diz para se matar pessoas até por que elas são o cerne da questão ideológica, embora alguns ditadores, que se apegaram a um ódio ao capitalismo, tenham o feito dando a isto alguma justificativa imaginária que lhes convinham, como todos os ditadores fazem.

“É de direita defende a ditadura militar.”
Não devemos achar que todo conservador quer resolver tudo na violência, devemos ver que existem conservadores que acreditam em ideias progressistas.

“Simpatiza com o socialismo não pode ter iphone.”
Ser socialista, por exemplo, não é deixar de usar um serviço ou produto, é lutar para que mais pessoas tenham acesso a estes meios, que ainda são para poucos.

Devemos ficar atentos para não distribuirmos pessoas, por uma simples opinião, em um grupo a qual não sabemos se apoiam. Fiquemos com um pé atrás com nossa mente sedenta por rotulagens, para que não sejamos nós os que pensam de uma forma binária.

Anúncios

Concorda, discorda, quer debater? Diga sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s