Para um discurso prudente

Aquilo que você pensa não implica responsabilidade alguma pois está restrito apenas à você, limita-se dentro à sua caixinha chamada cabeça, mas tudo aquilo que sai dela, qualquer que seja o discurso, implica responsabilidade. Os discursos transformados em ações concretas, sejam eles orais ou visuais, não são uma forma de violência física, pois não envolvem contato físico corpóreo, mas podem ser uma forma de violência psicológica, portanto, analise sua lógica e tente ser claro ao escrever, pense várias vezes se aquele discurso pode ou não ferir alguém inocente, seja prudente com seus pensamentos que vão ser materializados, evite o perigo e evite causar o ódio, na prática ambos não trazem bons frutos.

obs.: Isso é uma dica para se fazer discursos moderados, no entanto, não estou querendo censurar ninguém, a liberdade de expressão está aí, mas os indivíduos devem arcar com a responsabilidade de cometer discursos violentos.

Anúncios

Concorda, discorda, quer debater? Diga sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s