Sobre pessoas chatas

Você é chato! Mas não se preocupe eu também sou. Todo mundo é. A chatice é mais uma daquelas milhões de coisas que dependem de um julgamento pessoal. Basta não agradar alguém para ser considerado chato.

A chatice está naquele que é muito tímido por não se comunicar direito, e também está naquele que fala muito, por não se comunicar direito. Naquele que não consegue desenvolver um assunto, e naquele que não consegue ser objetivo, se perdendo na prolixidade. Naquele que fala certo demais, por parecer um robô, ou naquele que fala errado demais, por não seguir as regras que todo mundo segue. Naquele que quer conversar quando você só quer relaxar, seja ouvindo uma música folk ou apreciando o silêncio, ou naquele que não puxa assunto quando você quer um pouco de atenção. Naquele que faz música com fórmula pra vender ou naquele que faz ela com tempos ímpares confundindo os ouvidos. Naquele que te chama pra sair mesmo depois de ter recusado uma vez e naquele que nunca chama pra sair. Naquele que você saiu mas não é tão legal quanto parecia e naquele que resolve não querer sair de novo por ter te achado chato. Chato é aquele que nada nos ensina ou aquele que nos critica mesmo coberto de razão, apontando erros na gente e em nossos discursos – quem afinal gosta de alguém nos ensinando que estamos errados e que somos ignorantes, ou mesmo burros? Queremos errar em paz, malditos ativistas inteligentes! Nós mudamos as chatices mudam com a gente. Isso tudo que eu disse pode ser legal pra alguém mas pra outro alguém não, aí eu sou o chato, mas está tudo bem em achar isso!

Se a gente acha alguém chato isso mostra que somos chatos de alguma maneira. Para deixar de ser chato é preciso ser ideal ou igual, e pessoas perfeitas ou idênticas não existem, mas se duas chatices se encontram é possível que somadas elas se tornem algo interessante, ao exemplo de fãs de música pra adolescente – eu também já fui um. Não existe alguém não chato, a chatice está em tudo, em tudo que não te agrada. Os chatos para uns são legais para outros. Claro, há níveis de chatice, tem gente que é muito chata por que democraticamente muita gente acha ela assim, aquele que consegue irritar todo mundo, onde quer que chegue, parecendo que é um profissional da chatice, mas são raras estas figuras, ou pelo menos minoria. As pessoas muitas vezes são chatas tentando ser legais, é algo contraproducente, depende do momento, da sorte. No geral as pessoas se entendem bem, a chatice só aparece casualmente e gera alguns conflitos e depois se vai. Você pode estar se perguntando o que esse chato está querendo dizer com esse texto chato? Que ser chato é normal e agora que já sabe, se alguém disser que você é chato diga: “Você também é, caso não fosse estaríamos nos dando bem neste momento.” Se acontecer um sorriso, a pessoa parecerá menos chata, se não, ela vai embora e pelo menos a chatice daquele momento vai embora – ou talvez te delete do facebook se achando o máximo, se for um chato das redes sociais.

Anúncios

Concorda, discorda, quer debater? Diga sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s