A aberração que é a homeopatia veterinária

Há por aí muita gente adepta ao naturebismo, que acredita que é possível alguém viver de luz, que acredita na cura cura pela fé, pela força do pensamento, por o monte de métodos que desafiam a ciência e assim acreditam que a medicina não é o melhor meio para tratarmos de doenças. Estas pessoas frequentemente apelam a falácias naturalistas, podem chegar a acreditar que tudo que vem da natureza é mais saudável, e isto não é verdade. Eu não discordo que um estilo de vida natural – como por exemplo com uma alimentação mais orgânica, menos auto-medicação e num lugar com menos poluição -, é um estilo de vida mais efetivo no que diz respeito a prevenção de doenças, mas quando falamos de tratamento de uma doença precisamos pensar que só isso quase sempre não basta.

Não é que não tratamentos “naturais” sejam inúteis, eles podem agregar a um tratamento, mas a verdade é que quando envolvemos a ideia de forças místicas/holísticas a melhora só vem por placebo. Queremos legitimar este placebo com evidências anedóticas, quando nós fomos curados por isto, quando um amigo nosso, mas isto não torna eles mais efetivos a um nível comprobatório. Não é porque o placebo funcionou com a gente que ele vai se tornar um tratamento sério, é preciso passar por testes e mais testes e ter efetividade, é assim que funciona a ciência. A homeopatia é uma dessas coisas que vejo que os adeptos do naturebismo acreditam piamente, acontece que cientificamente a homeopatia não é levada a sério, basta pesquisar em revistas científicas medicinais com alta credibilidade e não achará nada que corrobore com a ideia de que a homeopatia ela é algo que funciona, no que diz respeito a efetividade ela não vai além daquela porcentagem do placebo.

Para mim está tudo bem se alguém crê na cura pela fé ou acredita que homeopatia seja funcional, apesar de ver isto como ignorância científica da pessoa e tentar informá-la para que deixe de correr riscos abrindo mão de soluções melhores caso necessário, no entanto isto é algo ruim quando pode afetar outras pessoas, por isto é um problema a sociedade corroborar com a ideia de que o placebo é ciência. Se alguém crê que alguma terapia alternative funciona e quer abrir mão da medicina e seus tratamentos tudo bem, é um risco que a pessoa tem o direito de correr, no entanto quando isto envolve uma vida da qual ele é responsável isso passa a ser irresponsabilidade. Isso vale do cuidado com idosos, com crianças e até com animais.

Estes dias tive conhecimento em um panfleto da homeopatia veterinária, e isto é definitivamente uma aberração. Se homeopatia funciona apenas pelo placebo por que diabos levar isto para os animais que nem sabem que estão tomando remédios? É provável que tratar um animal com isto não vai fazer as dores passarem e pode até matá-lo, então permitir isto é anti-ético. Não podemos abrir mão da medicina veterinária para cuidar dos animais com tratamentos não-efetivos. Devemos respeitar a crença das pessoas, elas devem poder adotar a filosofia de vida que desejarem, mas quando ela coloca em risco a vida de outros indivíduos isto não deve ser legitimado. De fato, em todo seu placebo, a fé pode até ajudar curar alguém por fazê-lo bem, a ponto de ajudar a superar alguma doença por conta do psicológico fortalecido estar influenciando no corpo, mas é só isso. Não há milagres. Medicina não é crença, é ciência. E não podemos envolver animais em nossos achismos.

Estes vídeos vão te ajudar a entender do que estou falando:

Por que a homeopatia é perigosa? (texto completo em: link e tréplica em: link)

Muitas doenças são potencialmente debilitantes ou fatais. A medicina convencional, baseada em evidências científicas, busca administrar o melhor tratamento, o qual é apontado por testes clínicos e pré-clínicos. Por exemplo, a pneumonia bacteriana, se não for tratada, pode levar à morte; mas, graças aos antibióticos, a infecção pode ser contida e o paciente, poupado. Imagine se um paciente com pneumonia tratar-se exclusivamente com compostos homeopáticos, que, como já vimos, não têm poder curador além do efeito placebo?

Para doenças benignas ou de baixa gravidade, o tratamento homeopático não causará dano maior; mas, se a enfermidade for grave, o resultado poderá ser fatal.


Leitura complementar:

Por que a homeopatia, mesmo sem comprovação, ainda tem espaço no Brasil?

There is no scientific case for homeopathy: the debate is over

Anúncios

Concorda, discorda, quer debater? Diga sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s