Viver é tudo

Certa vez passando de carro, no banco do passageiro, vi um acidente no trânsito. Pessoas em volta se acumulavam para observar a desgraça alheia – parece que os humanos têm um imã que os atrai para ver dor e sangue. Vi um carro amassado, um corpo caído, lacrado pela polícia e alguém parecendo se justificar – talvez não pelo trauma e sim para não perder sua carteira de motorista – para as autoridades presentes. Isto me pôs num desconforto, pela vida que ali foi ceifada e pela minha também. Um exercício imaginativo veio em minha cabeça. A vítima – aquela que foi mais lesada – estava andando, pensando no que iria fazer, talvez indo ao trabalho ou encontrar alguém para ter alguns momentos de alegria e prazer, mais além a pessoa tinha sonhos, planos, anseios e convicções, ela vivia, quando de repente um minuto de distração – de algum deles – um barulho alto, um milésimo de segundo de dor (ou alguns minutos de agonia na pior das hipóteses) e tudo se acabou. Foram-se todos os sonhos, planos, anseios e distrações, eles deixaram de existir na transição de um momento, rompeu-se a linha tênue entre existir e nada mais ser. O quão triste é pensar que tudo pode se acabar quando menos esperamos? Que não podemos mais nos aconchegar no abraço dos nossos pais, nas conversas de um grande amigo ou no prazer de uma transa bem dada com a pessoa que a gente ama. Num piscar de olhos todos aqueles momentos que desejamos e que recordamos tem fim, por um lado pode até ser bom, temos muitas preocupações, responsabilidades desnecessárias, traumas e muito a sofrer também, mas viver, viver é tudo, e ao mesmo tempo que é libertador, é um pouco atordoante pensar nisso. Enfim, será que a culpa foi do pedestre ou do motorista?

Anúncios

Concorda, discorda, quer debater? Diga sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s