O poder do discurso

Já parou para pensar quantas universidades e cursos sobre comunicação por aí ensinam sujeitos como vender ideias? Publicidade, marketing, design, relações públicas, social media, jornalismo, rádio-tv e até direito preparam pessoas para persuadir.

Persuadir nada mais é que convencer alguém a fazer ou acreditar em algo e isso é fundamental para gerar valor as coisas. Vejamos como isso pode ser aplicado em algumas dessas areas. Na publicidade, marketing e design, é preciso vender produtos e para tal é necessário dizer as pessoas que elas precisam daquilo, mesmo que elas não precisem, mostrando as qualidades, nunca os defeitos, e criando conceitos para explicar coisas banais para que pareçam extremamente legais. Rios de photoshop ou linhas inventadas para explicar um mero erro em um logo ou um texto inventando a história de superação de uma empresa são recursos comuns para gerar identificação e persuadir o consumo. Políticos também são treinados, por seus assessores e partidos, para dizer meias-verdades e conquistarem votos, é regra eles não fazerem nem metade do que prometeram em suas campanhas eleitorais, advogados também podem distorcer histórias para tentar livrar seus clientes de grandes danos. A persuasão está por toda a parte.

Tudo isso faz parte do processo, a comunicação usada para vender algo, seja um produto ou ideia, sempre é uma forma de maquiar a realidade sem  mentir, apenas exagerar e ocultar. Todos nós em algum momento já vimos coisas comuns com preços absurdos, em revistas destinadas à classe ‘A’ essa mágica acontece, é possível encontrar móveis que nada mais são que pedaços de árvore cortados, vestidos diferentes o suficiente para as pessoas estranharem se alguém usar, comidas simples com nomes gourmetizados, todos eles e muitas outras coisas com preços exorbitantes por conta do conceito ou da marca, seja de uma empresa ou de um considerado grande profissional que provavelmente abusa da combinação de palavras para vender.

Todo aquele que vende sabe que mostrar um lado da moeda é fundamental para convencer. Muitas vezes pessoas pagam caro por alguma coisa mais por aparência e status que funcionalidade, o melhor custo-benefício fica em segundo plano, mas para que isso aconteça elas tem que ser convencidas que há algo especial naquilo, no fundo são só conceitos e ideias agregadas, um valor é simbólico. O discurso ajuda muito a construir esse valor. Isso serve nas coisas de rico para rico, de rico para pobre, de pobre para pobre. Empreendimentos enormes como o Mc Donald’s, por exemplo, tem uma marca tão forte e publicidade tão incisiva que vendem um produto razoável em sabor por um preço que apesar de acessível pode ser dito caro, haja vista que há hoje uma febre de hamburguerias que oferecem lanches com sabor melhor por preços iguais ou até menores.

Em nível pessoal é comum fazemos isso também, em uma entrevista de emprego, por exemplo, não saímos falando defeitos, tentamos ressaltar nossas qualidades, tudo isso é um jogo. O mesmo acontece quando se quer conquistar alguém. As pessoas em geral praticam pequenas mentiras e quase todo mundo sabe que as coisas funcionam assim: as pessoas quase sempre falam sobre si de forma a parecer melhor que elas são. Fato é que o discurso tem muito poder e é um dos fatores fundamentais para o sucesso de algo, pelo menos até haver uma grande decepção com esse algo.

Como disse Walter White, personagem da série breaking bad (no episódio 4 da 5ª temporada), sempre há (ou quase sempre) um conjunto perfeito de palavras, ditas na ordem certa, que permitem convencer alguém, mas num mundo competitivo isso não é tarefa fácil e é justamente por isso que estamos sendo bombardeados de conceitos e distorções, de empresas e de políticos, que procuram palavras perfeitas para nos persuadirem, então atenção é primordial para não sermos enganados por vendedores que querem “gerar valor” mesmo em coisas que não precisamos.

Anúncios

Concorda, discorda, quer debater? Diga sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s