“Toda generalização é burra”

“Toda generalização é burra.” Generalizar que toda generalização é burra é burrice, porque nem toda generalização é burra. Toda generalização é indutiva e não-dedutiva, isto é, as premissas não fornecerem um fundamento definitivo da conclusão, porém a validade delas depende do caso, pois são raciocínios que quanto mais numerosos e representativos forem os casos apontados mais chances ocorrem de uma previsão pela própria generalização estar certa. Ou seja, generalizações com poucos dados são burras, generalizações com muitas repetições dentro do que se aponta são bem inteligentes e podem errar pelas exceções.

Anúncios

Concorda, discorda, quer debater? Diga sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s