O que é fascismo?

O fascismo é um sistema autoritário de dominação que tem como principais características as seguintes:

  1. A retórica apoiada no sentimento de uma crise terrível, muito além do alcance das soluções tradicionais;
  2. O monopólio da representação política por parte de um partido único de massa, organizado hierarquicamente;
  3. Uma ideologia fundada no culto do chefe, que, sozinho, é capaz de liderar e reconstruir os valores nacionais e encarnar o suposto destino histórico de sua nação;
  4. A exaltação da coletividade nacional, no desprezo dos valores, tanto do individualismo liberal quanto de projetos comunais como o Socialismo, Comunismo e Anarquismo, optando, ao invés deles, pelo ideal da colaboração de classes estagnadas de forma corporativista. Em essência é um regine contrarevolucionário que rejeita a luta de classes;
  5. Objetivos de expansão imperialista, que deve ser alcançada supostamente em nome da luta das nações pobres contra as potências, além do direito de dominação de um povo sobre outro, baseado em uma espécie de “Darwinismo Social”, onde os povos mais fortes teriam o direito de subjulgar os mais fracos, e nesse caso, os povos “fortes” são aqueles que são “oprimidos” pelas potências, como foi o caso da Itália no pós-guerra, a Alemanha na República de Weimar e no pós-crise de 29;
  6. Mobilização das massas e seu enquadramento em organizações, que tentem a uma socialização política planificada, que trabalha para o regime;
  7. A crença de que um determinado grupo, racional, nacional, religioso, ou mesmo a junção de alguns deles, é uma vítima, um sentimento que justificaria qualquer tipo de ação, sem limites legais ou morais, contra os inimigos internos e externos;
  8. Um aparelho de propaganda baseado no controle das informações e dos meios de comunicação de massa;
  9. Um crescente dirigismo estatal no âmbito de uma economia que continua a ser, fundamentalmente, de tipo privado;
  10. Tentativa de integrar nas estruturas de controle do partido ou do Estado, de acordo com uma lógica autoritária ou totalitária, a totalidade das relações econômicas, sociais, políticas e culturais;
  11. A ênfase em valores tradicionais em contraposição à modernidade e a recriação do passado à partir de invenção de tradições.
Anúncios

Concorda, discorda, quer debater? Diga sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s