A igualdade não, o mínimo comum

É utopia acreditar em igualdade social, afinal ela nunca existirá de maneira que iremos suprimir nossos interesses egoístas. Mas podemos acreditar em uma igualdade social mínima que não seja miserável, nem medíocre.

Apesar de difícil definir o que deve ser o bastante para se ter uma vida razoável, é fato que a sociedade deve extinguir qualquer miséria e para ajudar nesta empreitada a declaração dos direitos humanos fornece uma ideia bastante sólida: precisamos de moradia, segurança, saúde, emprego, lazer, liberdade de expressão e de ir e vir, entre outras coisas.

Um olhar sistêmico que fornece uma visão contra o acúmulo de riqueza extremo agrega ao debate. Este ponto conflituoso que entra nas teorizações sobre o bem comum nos mostra que se um indivíduo detém muito poder ele tira espaço para que os outros tenham, afinal o planeta e aquilo que há nele é limitado. Isto é, se os recursos são finitos, parece necessário limitar também o limite da riqueza para que consigamos limitar um razoável mínimo para todos.

A distribuição de riqueza desequilibrada pode não ser o problema em si, mas têm efeitos problemáticos na sociedade. Uma forma prática de entendermos isso são os latifúndios, por exemplo. O controle de um grande espaço de terras e a inutilização dele tem efeitos práticos como reduzir a terra produtiva – empregos – e reduz o espaço – moradia.

Isto revela que de fato que o espectro da desigualdade deve ser reduzido: os ricos devem ser menos ricos, enquanto os pobres menos pobres, para assim termos uma maior estabilidade social, mas não que tenhamos que abolir completamente as diferenças entre ricos e pobres. De qualquer forma um socialista, um democrata ou mesmo um liberal podem perceber, através do bom senso, que os limites que temos estão longe de um espectro ideal, afinal ninguém precisa de bilhões e ninguém deveria passar fome e não ter onde morar.

A igualdade ainda não, mas uma menor desigualdade sim, é possível. Não obstante, devemos lutar por um mínimo comum.

Anúncios

Concorda, discorda, quer debater? Diga sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s